Rio Branco do Sul convida comunidade para refletir sobre inclusão

O terceiro ciclo do Programa Votorantim Pela Educação - PVE começou em setembro e uma das primeiras localidades a receber o Programa foi Rio Branco do Sul, no Paraná. O município escolheu como tema anual a Educação Inclusiva, que propõe modelos de escola e de sociedade mais tolerantes e inclusivos.

Os encontros do ciclo ocorreram na Secretaria de Educação da cidade, com participação média de 15 pessoas – entre elas, conselhos tutelares, professores de escolas que trabalham com crianças especiais e uma professora especialista nesse tipo de educação inclusiva. A iniciativa tomada pelo grupo foi de elaborar uma carta para a comunidade no formato de um convite para a reflexão sobre como a sociedade pode ser mais tolerante, convocando todos a praticarem empatia.

Denise Teixeira, técnica de mobilização pela consultoria especializada em educação CEDAC, parceira técnica do PVE, conta que ficou feliz com o resultado das ações em Rio Branco do Sul. “A gente espera que todo mundo se comprometa, vista a camisa sem olhar as diferenças. Somos diferentes, mas, ao mesmo tempo, somos iguais. A carta vai ficar exposta para a comunidade assinar como uma forma de comprometimento”, comenta.

A carta vai ser compartilhada com a comunidade no dia 5 de dezembro, em um evento, e será lida para o prefeito da cidade.
Além da carta, houve atividades do Criativos da Escola* e a escolha de um “Dia D” para a mobilização de pais, alunos e escolas para realizarem ações de voluntariado. Adriele Bonfim, técnica formadora da Secretaria de Educação de Rio Branco do Sul conta a experiência que presenciou ao longo deste terceiro encontro: “Teve escola que resolveu revitalizar o jardim ou promoveu uma palestra de saúde, enquanto outra contou com um escoteiro que fez atividades com os pais. Também teve uma das escolas que fez um projeto para arrecadar livros e fez uma apresentação de dança, por exemplo”.

*O Criativos da Escola, criado pelo Instituto Alana, é um projeto que atua em conjunto com o PVE, encorajando crianças e jovens a transformar suas realidades, reconhecendo-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança. A iniciativa faz parte do Design for Change, movimento global que surgiu na Índia e está presente em 57 países, inspirando mais de 2,2 milhões de crianças e jovens ao redor do mundo.

Deixe seu Comentário

* Campos Obrigatórios