Educação de base e o futuro das próximas gerações

Escolher a Educação como uma causa para celebrar os 100 anos da Votorantim é símbolo do comprometimento da companhia com um dos maiores desafios do Brasil. Enfrentamos problemas tanto no que diz respeito ao acesso quanto à qualidade da educação. Questões como distorção idade-série, evasão escolar e deficiência de gestão, entre outros, são uma constante e comprometem o país.

Mas como o sistema funciona e como impactá-lo positivamente?

No Brasil, o sistema de ensino é organizado em dois níveis: educação básica e ensino superior. A educação básica é o primeiro nível do ensino escolar e compreende três etapas: a educação infantil (para crianças com até cinco anos), o ensino fundamental (para alunos de seis a 14 anos) e o ensino médio (para alunos de 15 a 17 anos).

Para Anna Christina Nascimento, do Instituto Votorantim, a falta de investimento no ensino fundamental acarreta diversos problemas posteriores para a educação do Brasil, inclusive em relação aos gastos públicos.

"O Brasil ainda enfrenta muitos desafios para garantir educação de qualidade para todas as crianças e adolescentes. Um a cada quatro alunos que inicia o ensino fundamental abandona a escola antes de completá-lo. E, de cada 100 jovens, apenas 50 concluem o ensino médio”, alerta Anna. “A má gestão dos investimentos públicos em educação faz com que o país perca R$ 56 bilhões anualmente. O Brasil gasta R$ 4,8 bilhões com alunos do ensino médio que repetem de ano ou abandonam a escola”, completa.

A educação de qualidade impacta em diversos setores da sociedade. Levantamento do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) mostra que o Produto Interno Bruto (PIB) de um país cresce 1% a mais, a cada três anos de escolaridade média da população – e um ano a mais de estudo gera até 10% a mais de renda individual. “A educação também tem impacto na redução da mortalidade infantil: uma criança filha de uma mulher alfabetizada tem 50% a mais de chance de viver além de 5 anos de idade”, complementa Anna.

Considerando esses efeitos positivos que a educação pode proporcionar para a sociedade, a Votorantim compreende que o investimento nesse pilar contribui para a construção de um futuro melhor.

O programa Parceria Votorantim pela Educação (PVE) atua para impactar tanto a oferta de um ensino de qualidade pelos municípios quanto a demanda da sociedade por uma educação melhor. Pelo lado da oferta, o PVE oferece, ao longo do ano, formações presenciais e a distância para os gestores educacionais (técnicos da Secretaria Municipal de Educação) e gestores escolares (diretores, vice-diretores e/ou coordenadores pedagógicos das escolas). Por outro lado, a demanda por uma educação de qualidade é fortalecida por meio da mobilização de grupos formados por representantes de diversos setores da sociedade.

“O PVE atua para que mais crianças e adolescentes sejam beneficiados com a melhoria da educação em suas escolas”, completa Anna Christina.

Saiba mais em: www.institutovotorantim.org.br

Galeria de Imagens

Deixe seu Comentário

* Campos Obrigatórios